FORMATIVIDADE TÂNTRICA.

CIRCULO DE FORMATIVIDADE TÂNTRICA.
TANTRA – um caminho; infinitas possibilidades!

Acolhimento, atenção, carinho, afeto, prazer, satisfação em sua plenitude.
Durante séculos fomos reprimidos tendo nossas sensações e sentimentos limitados a regras e padrões pré-estabelecidos. Nos últimos tempos essa repressão ainda existe, porém, atuante sobre a mascara da liberdade, de forma em que, todos os meios e canais de informações nos conduzem a um modelo de comportamento padrão, sobre tudo em relação a nossa sexualidade.
Como e quando você é afetado em seu relacionamento pelas idéias de amor, sexo, homem e mulher? O quando você é intimo de você mesmo? Como o modelo de sexo/sexualidade pré-concebido afeta você e principalmente seu relacionamento?
Conhece a ti mesmo? O que conhece e tem experimentado sobre o amor, afeto, realmente o satisfaz?
O circulo de formatividade tântrica é uma iniciativa voltada para o autoconhecimento, crescimento pessoal e desenvolvimento humano. Uma atividade que tem orientado a pessoa a estar inteiramente vivo em seu corpo, em sues sentimentos, em sua natureza sexual, em seu coração, em seu ser e em sua alma, estabelecendo derradeira conexão entre a pessoa com sua própria natureza essencial. Participando de nosso circulo, você aprenderá a sempre apreciar tudo que sente. Aprendera a deixar de se preocupar com os julgamentos: Seu a você mesmo; aos outros; dos outros a você. Aprenderá a experimentar inteiramente a vida, o instante presente, aqui e agora!

CONTEÚDO PREVISTO – Ação pratica: Acolhimento; Apresentação da proposta; Breve debate; Dinâmica de integração; Percepções e sentidos; Experiências corporais; Intensidade respiratória; Meditações ativas; Sensibilização integrada (corpo, mente, emoções); Expansividade sensorial.

CONTEÚDO PREVISTO – Ação teórica: TANTRA, suas origens; trajetória; sua influência nas sociedades antigas e atuais; transformações conceituais; mitos; deturpações. TANTRA, um ritual sagrado? Uma filosofia? Um estilo de vida? TANTRA, uma forma de massagem prazerosa e estimulante? Uma pratica sexual diferenciada? Uma forma de terapia moderna?