COURAÇAS MUSCULARES

FIBROMIALGIA-MASSAGEM-BIO terapeuta

De acordo com Wilhem Reich, temos sete anéis de tensão no corpo: visual, oral, cervical, peitoral ou toráxico, diafragmático, abdominal e pélvico. Ele define anel, como a segmentação anatômica e neurológica, que leva uma parte do organismo a uma reação plasmática, individualizada. No ser humano, a organização segmentária, apresenta-se sem uma clara delimitação anatômica e neurológica, entretanto, partes do organismo humano, apresentam respostas plasmáticas globais e funcionalmente podem ser identificadas como anéis.

Esses anéis são necessários para nos mantermos em pé, sentados, possibilitando os vários movimentos que executamos diariamente, porém, um grau de encouraçamento ( tensão ) muito grande, pode provocar dor, desconforto, irritação, mau humor; além do que, eles representam o resultado ( desagradável ), de emoções reprimidas.

Resumidamente, podemos identificar:

– anel visual : engloba parte da cabeça, limitado por uma linha imaginária, passando pela base da nuca, e dorso do nariz. Inclui as regiões malares, oculares, testa, couro cabeludo e ouvidos com as respectivas musculaturas que acionam as mesmas; internamente abriga o encéfalo. Emoções básicas bloqueadas: descrença, medo e desconfiança.

– anel oral : engloba a face, limitando acima com o anel visual e abaixo com o cervical. Exclui-se do anel oral o assoalho da boca e da língua; inclui as regiões da boca, bochecha, queixo, e parte da região nasal com os respectivos músculos que as acionam. Emoções básicas bloqueadas: fusão e prazer objetal, raiva, angústia, depressão energética. Emoções secundárias: ironia, sarcasmo, inveja.

– anel cervical : limita-se com o anel oral e abaixo com o peitoral nos limites da inserção do pescoço e tórax. Emoções básicas bloqueadas: raiva e choro.

– anel peitoral : engloba o peito, ombros, braços e mãos. Os principais músculos envolvidos em seu encouraçamento são: intercostais, peitorais, interescapulares, paravertebrais, trapézio, deltóides. Internamente ele abriga o coração, grandes vasos e pulmões. Função narcisista e respiração. Emoções básicas bloqueadas: angústia, dor profunda, raiva, anseios, saudades dilacerantes. Está diretamente relacionado aos processos de carga do organismo ( circulação e respiração ).

– anel diafragmático : envolve a região epigástrica e contorna o corpo como uma faixa estreita logo abaixo da extensão das últimas costelas. Diafragma, a parte superior dos retoabdominais, os feixes paravertebrais. Internamente abriga o plexo solar. Emoções básicas bloqueadas: raiva, prazer pré – orgástico, angústia do prazer.

– anel abdominal : engloba o abdômen com os músculos reto – abdominais, oblíquos e transversos; e o feixe para vertebral. Inclui a região umbilical e paravertebrais. Está diretamente ligado à concentração de detritos e de dor. Emoções básicas bloqueadas: existe um movimento narcisista ligado ao abdômen expresso na vergonha frente à sujeira e à maldade. Expressa – se corporalmente por tensões ou flacidez abdominal, irritabilidade e intensificada retração do quadril.

– anel pélvico : engloba o hipogástrico, o quadril, as coxas, as pernas e os pés; principais membros envolvidos no encouraçamento são: retro abdominais, oblíquos e transversos, hipogástricos, glúteos, músculos do períneo ( anterior e posterior ) e os adutores da coxa e quadríceps. internamente abriga os órgãos genitais e o intestino terminal. Emoções básicas bloqueadas; prazer, raiva, angústia, desprezo, desdém.

O fato de desbloquearmos estas tensões ( couraças ), não nos coloca totalmente à solta e à vontade com nossas emoções, mas, gradativamente permite que haja maior conscientização corporal, e equilíbrio da maneira como nos colocamos no mundo.

 

Deixe uma resposta